Os animais de estimação estão cada vez mais presentes na vida e nos lares das famílias brasileiras. E por conta desse crescente número de pets é necessário você considerar em uma forma de recebe-los em seu restaurante. 

Para ajudar, fizemos este artigo. Nele, você vai saber como atender animais no seu estabelecimento 

Nesse artigo explicaremos como atrair os clientes que não se separam dos seus pets e criar uma estratégia e como aproveitar essa ótima oportunidade para fidelizar seus clientes. No entanto, é necessário pensar nos cuidados com a limpeza e a higiene do estabelecimento. E também no que a vigilância sanitária da sua cidade diz sobre a questão. 

Receber os animais fideliza seus clientes. 

Luciana Melo, fundadora de um estabelecimento, conta como sua experiência com o conceito pet friendly no seu Café. Em março de 2018, passou a disponibilizar mais do que uma área para os pets, mas um ambiente desenvolvido especialmente para os animais de estimação. 

Luciana sabe que os animais de estimação fazem parte da família para seus consumidores. Sabendo disso, trata os pets da melhor forma possível. Ela conta que a fidelização dos clientes acontece espontaneamente quando suas necessidades são supridas. 

Tenha um diferencial e os clientes virão. 

Segundo Luciana, a demanda por uma vida mais prazerosa e saudável onde os pets estão presentes é uma realidade mundial. Os pets são como membros da família e os estabelecimentos que não suprirem a necessidade de toda a família e se adaptarem a essa realidade vão perder espaço no mercado.  Sendo assim, o empreendedor precisa se adequar. 
 
Você que pretende saber como receber animais em seu estabelecimento, leia agora algumas dicas que te auxiliaram nesse novo caminho. 

Leia também: 5 dicas para alavancar o número de clientes no seu estabelecimento

Oferte potes com água  

caso você opte por potes comunitários, eles precisam ser enchidos com água potável e fresca. É importante trocar a água com regularidade é fundamental que um funcionário treinado veja se o pote precisa ser reabastecido. A água para os pets deve ser filtrada. 
 
em caso de potes individuais, considere adquirir no mínimo 5 potes. Assim que seu cliente e seu respectivo pet chegar, leve o pote com água fresquinha até a mesa.  Você ganhará confiança e respeito. Ofereça toda a atenção que o pet e seu cliente precisam. 

Tenha colchões para os pets 

Essa dica é um diferencial para você que pretende contar com os pets em seu negócio. A utilização de colchões é importante para o estabelecimento que escolher atingir o público pet friendly.  
 
Os colchões determinam a área em que o animalzinho pode ficar. Deixando o estabelecimento mais adequado para o pet e o proporcionando mais conforto. Com o uso dos colchões para os animais você também evita que os pets se sujem ao se deitarem no chão, você irá ganhar mais pontos com seus clientes. 

Mais uma dica muito importante para você que quer seguir e fidelizar seus clientes no ramo pet friendly é ter um espaço com caminhas e brinquedinhos para que os pets se sintam mais à vontade no seu estabelecimento. 

Tenha um cardápio de petiscos para os pets 

Ter petiscos para pets em seu cardápio é um diferencial, mesmo que o tutor do pet não vá pedir nada para seu pet é sempre bom mostrar que você tem opções para ambos, o cardápio para os pets também é uma ótima oportunidade para lucrar mais. 

Orientamos que quem queira receber os pets em seu estabelecimento precisa ficar ligado com a limpeza e higiene. Consultar a vigilância sanitária da sua cidade para que o órgão possa lhe orientar com todos os detalhes das normas estabelecidas a os estabelecimentos pet friendly. 

 Regras gerais da Vigilância Sanitária 

Entretanto é necessário que o estabelecimento tenha um ponto de água corrente e alguém para a limpeza do ambiente pet. Esse colaborador também não poderá exercer outras funções envolvendo alimentos. Também como regra geral, são permitidos os pets em calçadas e varandas de restaurantes, bares, padarias e cafés. 

Cada município tem sua legislação, verifique as leis estabelecidas na sua cidade, na cidade de São Paulo por exemplo, a área pet deve ser coberta e com ventilação, e um ponto especifico para a limpeza e faxina onde os alimentos não devem ser manipulados nesse ponto. 

Agora que você já sabe mais um pouco sobre o pet friendly que tal investir no seu estabelecimento e conquistar esse público que cresce cada vez mais no Brasil. Siga nossas dicas e tenha um estabelecimento de sucesso!